ANEL DE FERRARA

Na fase de ceratocone incipiente a conduta é a correção do grau da ametropia existente com o uso de óculos.

Na segunda fase, onde o óculos já não corrige suficientemente, passamos para o uso de lentes de contato.

Na terceira, onde já não é mais possível a adaptação das lentes, o transplante de córnea é indicado.

A partir de muito recentemente, vem-se fazendo uma cirurgia chamada Anel de Ferrara, onde há um implante de dois segmentos semi-circulares, de espessuras variáveis, com 5 mm de diâmetro, de material acrílico. Esse "anel" é introduzido na córnea, na região mais espessa e plana, provocando um achatamento da área mais curva, o que reduz o ceratocone. É uma cirurgia indicada em ceratocones de grau não muito avançado, em que a córnea precisa ter uma boa espessura para que o anel possa ser introduzido, sem que haja risco de perfuração.

Nos casos de ceratocone avançado, onde a córnea apresenta representativo afinamento, e/ou cicatrizes no ápice do cone, a indicação cirúrgica mais adequada volta a ser a do transplante de córnea.

O transplante de córnea é atualmente uma cirurgia bastante segura, embora o seu sucesso dependa ambos, da técnica cirúrgica e do pós-operatório pois, faz-se necessário um cuidadoso acompanhamento, com remoção dos pontos no momento correto.

Também é fundamental que uma possível rejeição seja imediatamente identificada como tal. Ou seja, a pronta retirada de um ponto solto constitui-se em um outro cuidado pós-operatório de importância crítica.

Uma das perguntas mais freqüentes é relacionada à probabilidade de rejeição. O fato é que como a córnea normalmente não é vascularizada, a rejeição ocorre em torno de 5% dos transplantes por ceratocone. Mesmo quando isso ocorre, se tal identificação houver sido precoce e, se for administrado o tratamento correto, há recuperação em quase que a totalidade dos casos.

No contexto do acima descrito, é primordialmente importante ser ressaltada a responsabilidade do paciente em comparecer ao consultório de seu Médico imediatamente e, sempre que situações anormais/atípicas puderem ser observadas, tais como uma aparentemente simples irritação no olho transplantado.



 

  © Copyright 2004 • Fthomaz • Todos os direitos reservados